(Todas as informações aqui expostas têm por base literatura fidedigna)

E quanto à lactose?


A lactose é o açúcar presente no leite e nos seus derivados e que por vezes não é bem aceite pelo organismo.
O intestino ao longo dos anos, vai-se tornando incapaz de produzir lactase, a enzima necessária para processar a lactose e pode ser aí o ínicio da intolerância.
Talvez por isso muitos idosos têm sintomas associados, ficando com inchaço abdominal, náuseas, cólicas, flatulência e diarreia, após a ingestão de alimentos ou bebidas com lactose na sua composição .

Em Portugal, conforme dados da Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia, um terço da população sofre de intolerância à lactose. Poderá surgir nos primeiros anos de vida como causa genética ou mais tarde, quando a intolerância é desenvolvida ao longo da vida, como já foi referido e ainda devido a doenças gastrointestinais, agravando os sintomas e mau estar.

No caso de sentir estes sintomas pode fazer um teste evitando por 20 a 30 dias todos os alimentos que tenham na sua composição leite e derivados. Se os sintomas aliviarem ou até deixarem de existir neste período então a solução é reduzir ou retirar estes produtos da sua alimentação.
Neste caso, deverá reforçar as refeições com alimentos de folha verde, que são muito ricos em cálcio e poderão compensar uma possível deficiência.

Quanto ao hábito de "beber leite" pode sempre substituir por uma bebida vegetal de arroz, coco, amêndoa ou aveia.

Lembre-se que somos o único mamífero que ingere leite após a infância.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe a sua opinião